12 novembro 2010

Saúde e unhas bonitas - tudo a ver!

Hoje em dia, com todos os avanços tecnológicos na área da Saúde, estamos acostumados a fazer vários exames quando percebemos que algo não está indo muito bem. Povos antigos não dispunham de toda essa tecnologia. Eles tinham métodos muito mais simples e igualmente eficazes, tanto comprovados que foram adotados por vários dermatologistas. Estou falando da observação das unhas. Elas podem estar querendo te dizer algo.

Saúde das Unhas

Sua unha pode estar dando indícios de alguma disfunção no seu organismo. Por exemplo:

Unhas secas e quebradiças

Pode ser hipotireoidismo e/ou menopausa. Problemas hormonais em geral. Anemia. Falta de cálcio, zinco e vitaminas A, B e E, nutrientes que constituem a unha.


Unhas amareladas

Pode ser tabagismo e diabetes. Indicam também uso crônico de antibióticos, excesso de ingestão de betacarotenos (cenoura, beterraba, mamão...), diabetes, micoses e males do fígado.


Unhas azuladas

Pode ser indício de doenças pulmonares. Indicam também presença de fungos, tumores, lupus eritematoso e uso de medicamentos coagulantes.



Unhas avermelhadas

Podem ser doenças cardiovasculares.


Unhas esbranquiçadas

Podem ser doenças renais ou hepáticas. Também pode indicar presença de fungos.



Unhas com manchas brancas

Pode ser deficiência alimentar (anemia, carência de zinco). Também pode ser dermatite de contato (alergia a detergentes, sabões, esmaltes etc), além de psoríase, micose, intoxicação por metais pesados e insuficiência renal.


Unhas com manchas escuras

Pode ser câncer de pele. Também micose, disfunções hormonais e tumores na matriz ungueal.


Unhas amareladas, espessas e sem crescimento

Distúrbios pulmonares.



Unhas com ondulações, que, no caso das mulheres, ficam aparentes mesmo com duas camadas de esmalte

Geralmente indicam traumas (a espátula de empurrar cutícula é usada com força). E ainda: doença cardíaca ou pulmonar.


Cuidados com as unhas:

  • Evite cortar as unhas até o sabugo e não retire totalmente a cutícula, pois elas oferecem proteção, evitando a entrada de microrganismos invasores;
  • Não use acetona em excesso, para não ressecá-las. Prefira removedor de esmalte;
  • Não deixe as unhas molhadas por muito tempo para não favorecer o surgimento de micoses;
  • Evite andar descalço em pisos úmidos, como saunas e vestiários para evitar micoses;
  • Procure usar luvas quando lavar louça, mexer com água sanitária ou for manusear a terra;
  • Verifique se o alicate da manicure é esterilizado e as lixas, descartáveis.

Esterilização

São raros os salões que dispõem de autoclaves para esterilizar o material utilizado. A maioria faz uso de forninhos por, no máximo, 30 minutos. Esse tipo de esterilização não mata os microrganismos! É só para inglês ver. No caso de esterilização por calor seco (o forninho) a temperatura de esterilização deve ser de 170ºC por cerca de 2 horas. Qual salão realmente faz isso? Portanto, não hesite! Leve sempre um kit com seus instrumentos. Até lixa utilizada por outras pessoas ajuda na proliferação de micoses. Das doenças transmissíveis em manicures, a mais grave é certamente a hepatite B.

Para deixar as unhas fortes e bonitas!

Na maioria das vezes, unhas fracas e quebradiças são causadas pela falta das vitaminas A, C e E e de minerais, como zinco, ferro e cálcio, no organismo. Segundo estudos recentes, uma substância que torna as unhas mais fortes e resistentes é a biotina, também conhecida como B8, encontrada na soja, na aveia, no feijão, no tomate e na gema do ovo.

6 comentários:

Lucas disse...

Oiiee

Óia eu aqui denovo! seu fiel seguidor! :)

Parabens por mais esse post, linda!

E tenho q dar os parabéns pra Sra. Cristina e pro Sr. Marcelo por terem colocado essa grande e inteligente menina no mundo! rs
bjo

Cristina Dias disse...

Lucas..... aqui é a Sra. Cristina e concordo com vc, além de competente possui evolução espiritual, sabe como é forma caprichada, rs.
Mari, impossível ler a matéria e não olhar para a unha. bjão.

Lucas disse...

Deve ter jogado a fôrma fora, heim Sra. Cristina!? rsrs
Acretida que depois de 3 anos só conversando por msn e orkut é que nós nos falamos pessoalmente em uma festa no começo desse mês!? rs
Tanto tempo passou e ainda não tinha conversado com essa mocinha evoluída espiritualmente! :)

PS.: Após ler a matéria, confesso que fiquei olhando minhas unhas! kk
bjão

gabriela disse...

oii, eu queria saber se ferver alicates de unhas em água por +- 40 min é eficaz o bastante para matar bactérias?

marianadias disse...

Olá Gabriela,

A fervura elimina sim algumas espécies bacterianas quando estas se encontram na sua forma germinativa. Porém, se as bactérias estiverem na forma de esporos, que são as formas que elas assumem quando se encontram em condições inóspitas (calor excessivo, falta de umidade, falta de nutrientes), a fervura simples não é capaz de esterilizar o alicatinho. Para isto, usamos a autoclave que expõe o material a vapor de água sob alta pressão. Além disso, o material pode ter contaminação por vírus e, nesse caso, a fervura também não será eficiente na esterilização.

gabriela disse...

hmmm, ok , muito obrigada dra!