30 julho 2010

Blog - Introdução


Hoje me vi jogada contra a parede.
Um leitor do blog me perguntou: "Meu, vc tá querendo se suicidar?! Vc é farmacêutica e está falando mal de medicamento? Bateu a cabeça?!". Eu fiquei pensando...

Pensei em criar esse blog quando um professor nos contou um caso interessante em sala de aula:
"Um senhor de 64 anos em São Paulo, que teve hemorragia gastrointestinal e faleceu após iniciar o tratamento com Prexige - antiinflamatório de segunda geração que, quando lançado prometia ser um verdadeiro milagre para quem tivesse que fazer uso crônico de antiinflamatórios, pois não causava efeitos colaterais. O problema é que foram descobrir na avaliação de risco pós-lançamento, que o medicamento não poderia ser tomado por idosos, já que atingia o coração."
Além desse, muitos outros casos semelhantes aparecem no noticiário todos os dias.

Será que a culpa foi dele, que tomou o medicamento por conta própria, sem consultar um profissional adequado? Ou será que as informações não foram passadas devidamente?! Por isso, pensei em criar esse blog, para dar ciência aos interessados sobre as informações que nos são passadas apenas em sala de aula, mas que deveriam ser passadas a todos. Dentre as informações medicamentosas, algumas dicas que visam sempre o bem-estar, pois nem só de Prozacs e Lexotans vive o ser humano!

Um comentário:

Anônimo disse...

Cara Mariana, gostaria de saber porque você parou de blogar? Por acaso seguiu o conselho e se suicidou? Seus posts são ótimos não desista.